Tiago Abravanel lança seu primeiro video clip, “Eclético”, e faz turnê pelo Brasil | Mural da Fama – O site das estrelas
Tiago Abravanel lança seu primeiro video clip, “Eclético”, e faz turnê pelo Brasil | Mural da Fama – O site das estrelas

Tiago Abravanel lança seu primeiro video clip, “Eclético”, e faz turnê pelo Brasil

 

Foto Adriano Fagundes / Divulgação
Foto Adriano Fagundes / Divulgação

Nos últimos quatro anos, o paulista Tiago Abravanel se tornou um artista de destaque no cenário cultural do país. Catapultado ao estrelato com uma interpretação fenomenal de Tim Maia no teatro, ele virou destaque nos palcos, roubou a cena na TV, chegou à final do Dança dos Famosos no programa de Fausto Silva, encantou o público nas salas de concerto, emprestou sua voz a personagens de cinema. “E a música, Tiago?” – essa era a pergunta frequente que fãs e admiradores, críticos, a mídia e o próprio artista sempre faziam. Quando o ator, produtor e dublador cederia um pouco do espaço para o Tiago cantor?

Foto Adriano Fagundes / Divulgação

Foto Adriano Fagundes / Divulgação

Esse momento, finalmente chegou. No final deste mês, o single de estreia de Tiago Abravanel, apropriadamente batizado de “Eclético”, será lançado em TVs e mídias digitais, pontapé inicial para a primeira turnê musical do cantor, que leva o mesmo nome e começa no Rio de Janeiro, dia 03 de outubro, para seguir depois para apresentações em todas as regiões do país. Já estão confirmados shows em Belém do Pará (10/10), Brasília (31/10), Goiânia (01/11), Curitiba (06/11), Porto Alegre (07/11) e São Paulo (15/11). Em breve serão anunciadas as datas de Natal, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Fortaleza, Florianópolis e cidades do interior de Sao Paulo como Paulínia, Ribeirão Preto e Campinas. No dia 31 de agosto, simultâneo ao lançamento do clipe no Brasil, Tiago é uma das atrações da festa “Brazilian Day”, em Nova Iorque, ao lado de Ivete Sangalo, Daniel e Carlinhos Brown.

–           “Esse é o meu momento agora, o momento de cantar” – explica o multifacetado artista, que se enxerga em um período de absorção musical total. – “Estou ouvindo música como nunca, vivendo música, aprendendo música, me encontrando com gente que faz e vive de música. É uma arte especial, porque a música pontua de formas diferentes todos os momentos da vida de todo mundo.”

De personalidade mutante, cuja expressão artística explode em vários canais, Tiago foi buscar também na música um retrato da sua inquietude, e escolheu como primeiro single a canção “Eclético”, de Edu Tedeschi. O primeiro single se transformou em um videoclip, em que Tiago incorpora muitos personagens.  Em um mix de referências e homenagens, o cantor encarna Charles Chaplin e Hamlet, Xuxa Meneghel e Amy Winehouse, Beyonce e Fredie Mercury, Elvis Presley e Raul Seixas, Chacrinha e Lady Gaga, um bombeiro, um sambista, Tim Maia e John Lennon, e até o avô, Silvio Santos, que assistiu ao vídeo em primeira mão, e aprovou o trabalho do neto. “Ele disse que foi uma das coisas mais divertidas que viu na vida. O clipe tem de tudo e todos, e muito de mim”, explica Tiago, que passou 36 horas durante dois dias dando vida a mais de 20 personagens, em numa maratona divertida e cansativa que transformou em realidade visual a canção escolhida para deslanchar o cantor.

Foto Adriano Fagundes / Divulgação

Foto Adriano Fagundes / Divulgação

Dono de uma musicalidade sem fronteiras, que seleciona o melhor de vários mundos, Tiago resolveu levar esse conceito para os palcos. “Eu quero um show em que possa trocar energia boa com as pessoas, fazer um grande happening”, resume. “Eclético” é um show festa, dividido em blocos que misturam diferentes estilos e gêneros. Tem o momento romântico, o momento latino, o sertanejo, o pagode, o rock e o axé. “Eu me divirto cantando de tudo, seja Cazuza, seja ‘Como Uma Deusa’, da Rosana. É claro que as pessoas me cobram sempre o Tim Maia, e ele vai ser eternamente importante pra mim, me apadrinhou, está no show. Mas também é importante que desvinculem a minha imagem do personagem. O Tiago cantor tem muitos estilos, outra personalidade, e é isso que esse show vai mostrar.”

O repertório de Eclético, que estreia em outubro no Vivo Rio, na capital carioca, conta com mais de 40 músicas, incluindo hits como “Acende o Farol”, “Descobridor dos Sete Mares”, “Vale Tudo”, “O Meu Sangue Ferve Por Você”, “O Amor e o Poder”, “Marrom Bombom”, “Depois do Prazer”, “Menina Veneno”, “Pro Dia Nascer Feliz”, “Canto da Cidade” e “Freedom 90”, a canção “Mamãe Passou Açúcar em Mim”, cantada por Tiago como tema de abertura do seriado da TV Globo “Louco Por Elas” e mais três inéditas – além de “Eclético”, “De Brim” e “Estrada Afora”, ambas também da autoria de Edu Tedeschi.

Foto Adriano Fagundes / Divulgação

Foto Adriano Fagundes / Divulgação

Veja o clipe.

Neto do apresentador Silvio Santos, um dos maiores ícones da TV brasileira, filho da produtora teatral Cintia Abravanel, Tiago Abravanel foi desde cedo contaminado pelo universo artístico que o cercava e que lhe era familiar desde os primeiros meses de vida. Tinha apenas seis anos quando subiu ao palco pela primeira vez, interpretando a personagem “Juramento” em uma montagem de “Os Saltimbancos” na escola onde estudava, em São Paulo. Mais que apenas um debut teatral, foi a constatação, para quem o conhecia, de que para ele o palco era um lugar natural.

Em 2004 fez “TeenBroadway”, dirigido por  Maiza Tempesta, sua primeira incursão pelo universo dos musicais, onde Tiago pode, mais uma vez, demostrar sua familiaridade com o tema. Em 2005 estreou profissionalmente na remontagem comemorativa da peça “Avoar”, com Vladimir Capella, onde cantava peças do folclore brasileiro. Em 2006 estreou na produção com o espetáculo “A Sessão da Tarde ou Você Não Soube Me Amar”, onde também atuava, e que foi indicado ao prêmio Coca Cola FEMSA na categoria Melhor produção. Ainda nesse ano fez “Aroma do tempo” e “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”. Simultaneamente cursava a faculdade de Teatro na universidade Anhembi Morumbi, que, com o sucesso, nunca chegou a concluir.

Em 2007, participou de seu primeiro grande musical, “Miss Saigon”, sob direção musical de David Caddick, e nos anos de 2009 e 2010, foi a vez de outro grande clássico na carreira do ator, o aclamado “Hairspray”, sob direção de Miguel Falabella, onde Tiago mostrava toda sua versatilidade atuando em vários papeis, (entre eles, Tiago era o substituto de Edson Celulari no personagem Edna, imortalizada por John Travolta no filme homônimo).

Em 2011 Tiago encontrou o papel ideal, quando foi selecionado para dar vida ao personagem título do musical “Tim Maia – Vale Tudo”, baseado no livro de Nelson Motta e dirigido por João Fonseca. Elogiado pelos colegas de classe, ovacionado pelo público e pela crítica, a caracterização do ator era tão perfeita, que seu desempenho era considerado mediúnico. Tiago conquistou com esse trabalho os prêmios Bibi Ferreira e Qualidade Brasil 2012 como melhor ator de musical, e ainda o prêmio Faz Diferença, do jornal O Globo, como o maior destaque na área da cultura em 2011.  Sua voz teve tamanho reconhecimento que foi convidado pela Walt Disney Pictures para dublar a versão brasileira do filme de animação “Detona Ralph”, no papel título – ao qual voltará em novo filme, “Detona Ralph 2”.

O sucesso de Tim Maia também revelou ao mundo uma nova faceta do artista Tiago – o cantor. E desde então não pararam de chegar convites para se apresentar em festas corporativas, aniversários e casamentos. Tantos, que ele montou uma banda especialmente para atender a esses pedidos, chegando a fazer uma média de oito apresentações por mês. Entre elas, Tiago fez um show para a ONG Childhood Brasil, em que seu talento conquistou até a Rainha Silvia da Suécia.  Outro momento marcante aconteceu em 2012, quando foi convidado pelo maestro João Carlos Martins para se apresentar com a orquestra Bachiana. Essa apresentação fez a orquestra receber o prêmio “Melhor Concerto Nacional”, do Guia da Folha, em votação popular. No ano seguinte, foi convidado para se apresentar e cantar no aniversário da rádio JB, com a orquestra Sinfônica Brasileira, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, com regência de Roberto Minczuk.

A TV também se deixou seduzir pelo talento de Tiago. Ele estreou na telinha em 2011, vivendo o personagem Davi, na novela “Amor e Revolução”, de Tiago Santiago, exibida pelo SBT. Em 2012 foi convidado por Gloria Perez para interpretar Demir, na novela “Salve Jorge”. Em 2013 deu vida ao malandro Odilon, na novela “Jóia Rara”. No mesmo ano participou do “Dança dos Famosos”, quadro do programa semanal “Domingão do Faustão”, chegando até a final, conquistando o terceiro lugar. Ainda em 2013 recebeu convite do “rei” Roberto Carlos para cantarem juntos em seu especial de fim de ano da TV Globo.

Data: 3 de outubro, sexta-feira
Local: Vivo Rio (Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo)
Horário: 22h
Abertura da casa: 20h
Capacidade: 2000 pessoas
Classificação etária: 16 anos (Menores de 16 anos somente acompanhados dos pais ou responsáveis legais)

Ingressos: Vivo Rio ou Ingresso Rápido (www.vivorio.com.br / www.ingressorapido.com.br)

Esta entrada foi publicada em Destaques, Vídeos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comentários no Facebook