Aos 26, Johnny Massaro revela ter mais consciência de seu talento como ator | Mural da Fama – O site das estrelas
Aos 26, Johnny Massaro revela ter mais consciência de seu talento como ator | Mural da Fama – O site das estrelas

Aos 26, Johnny Massaro revela ter mais consciência de seu talento como ator

Foto Jorge Bispo

A edição de março da 29HORAS, a revista do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, destaca entrevista com o ator Johnny Massaro. Com um extenso portfólio que inclui cinco longas, diversas novelas, séries, minisséries e peças de teatro, o jovem artista conta que precisou repetir em frente ao espelho “sim, você é ator”, durante um período significativo de sua carreira.

Atualmente interpretando um dos principais personagens de “Deus Salve o Rei”, novela da TV Globo, Johnny revela ainda que a percepção de que sua carreira como ator poderia ser séria só surgiu nos tempos em que gravava “Malhação”, aos 16 anos. Hoje, uma década depois, ele afirma ter mais consciência de seu talento. “Com o tempo, estou tentando dar menos espaço para inseguranças e abrir mais espaço para o prazer de estar em cena, de contracenar, de poder realmente colaborar e contar uma história”, afirma o ator.

Foto Jorge Bispo

As 15 cenas gravadas por dia no papel do cômico Rei Rodolfo na novela das sete fazem Massaro constatar que a rotina de gravação é puxada. Nem por isso ele diz que acha ruim. “Esse é o grande barato de fazer novela e também a grande dificuldade: como há um volume considerável de texto e pouco tempo, aprendi a lidar com as minhas frustrações, pois acabo deixando passar vários detalhes na minha atuação. E é preciso aceitar, algumas vezes, que não fiz a cena exatamente do jeito que eu queria, mas vamos para a próxima”, explica.

As aulas de teatro e a faculdade de cinema são duas artes que se misturam nos processos de desenvolvimento criativo dos personagens que encarna. Quando questionado sobre o que mais gosta na atividade profissional, o ator diz: “Sou bastante encantado com esse lado da profissão que me obriga a transformar o cotidiano em função de um personagem. Constantemente me vejo um pouco levado a ser certas coisas, a assumir novos papéis para mim mesmo, a abandonar coisas e a aprender a lidar com outras”.

Além da admiração de seus colegas de cena, das fanpages no Instagram e de um fã-clube de sucesso, dois fãs em especial se destacam entre o público de Massaro. A secretária Ely, que guarda com afeto tudo o que sai sobre o filho nos jornais e revistas, e o taxista Gilmar, que adora revelar aos seus passageiros que é pai do ator.

Foto Jorge Bispo

Com distribuição gratuita aos passageiros nas salas de embarque e desembarque do Aeroporto de Congonhas, a 29HORAS desse mês também traz uma reportagem especial sobre o setor imobiliário. Dentre os assuntos abordados esta a tímida ascensão do mercado paulistano, as expectativas do mercado carioca para 2019, os princípios da economia colaborativa, entre outros.

A revista ainda traz a diversificada agenda 29HORAS com um guia completo com mais de 100 programas para todas as horas do mês, com peças, filmes e um tour gastronômico pela cidade de São Paulo.

 

SOBRE A 29HORAS

No mercado desde 2009, a revista 29HORAS é uma publicação mensal dirigida exclusivamente aos passageiros que embarcam e desembarcam no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Auditada pela BDO, empresa especializada em auditoria e consultoria, a revista conta com 65 mil exemplares a cada edição.

Esta entrada foi publicada em Destaques, Entrevistas. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comentários no Facebook